Próteses Removíveis

 
 
 

Próteses Removíveis

 

 
As próteses removíveis são um método muito frequente de substituição dos dentes ausentes. São o processo mais económico para recuperar a estética e a função de mastigação.

Os materiais usados neste tipo de tratamento são de extrema importância para se conseguir obter uma ótima estética e durabilidade.

Existem dois tipos de próteses removíveis:

 
 

Próteses dentárias acrílicas

 
Normalmente chamadas de dentaduras ou placas, estas próteses são, regra geral, cor de rosa para imitar a cor da gengiva. São usadas por pessoas com poucos dentes ou nenhuns.

Existem dois tipos de próteses acrílicas, as totais que substituem toda a dentição e as parciais que substituem parte da dentição. Estas são mais volumosas que as próteses esqueléticas principalmente no maxilar superior.

 
 
 

Próteses dentárias esqueléticas

 
A base destas próteses são em metal. Se necessário levam ganchos para se prenderem melhor aos dentes existentes sem se soltarem.

Só as pessoas que tenham dentes naturais é que podem usar este tipo de próteses.

A adaptação da pessoa a este tipo de prótese é fácil pois são pouco volumosas. São bastante higiénicas e resistentes a impactos. O custo destas próteses é um pouco mais elevado que as próteses acrílicas e por norma não se podem acrescentar dentes ou fazer alterações à mesma.

 
 
 

Próteses dentárias Flexíveis

 
São próteses feitas com um tipo de material semi-rígido e que permite a sua flexibilidade, transmitindo menos forças aos dentes. Este tipo de próteses não tem ganchos de metal, pois toda a prótese é feita com o mesmo material flexível. É feito com um material transparente que passa impercetível.

A ausência de metal na estrutura interna da prótese permite que os dentes acrílicos sejam os mais aproximados possíveis da cor da dentição natural, ao contrário do que acontece nos dispositivos com ganchos em metal que tendem ao acinzentamento dos dentes.